Manutenção Predial: O Passo a Passo Definitivo

O que é manutenção predial?

A manutenção predial envolve todos os serviços que buscam promover e garantir as condições de segurança e conservação das edificações, segundo o que determina o projeto de construção das mesmas. Essas atividades englobam todas as ações que promovem a qualidade de vida dos usuários, tais como: limpeza; pintura; reparo de sistemas elétricos, hidráulicos, de comunicação, de incêndio, de climatização; e dentre outros.

Ela exige um bom planejamento e ter à disposição os recursos necessários. Seu processo visa garantir maior durabilidade, disponibilidade e segurança.

Há uma grande quantidade de edifícios que ainda não usam um plano de manutenção predial e que, por isso, estão visivelmente em estado de degradação. A falta de cuidado adequado representa prejuízos econômicos e riscos à saúde e segurança de pessoas que trabalham, vivem ou frequentam o local.

Contudo, a prática desta manutenção tem crescido nos últimos anos e a procura por esse tipo de serviço tende a continuar aumentando, com apresentação de cada vez mais empresas com experiência, tecnologia e profissionais especializados.

Quais os tipos?

Existem três tipos de manutenção predial: a manutenção preventiva, a manutenção corretiva e a manutenção preditiva.

Manutenção preventiva

É a manutenção que antecede o reparo. Ela está ligada a elaboração de um planejamento das atividades que conservam a capacidade funcional de uma edificação. Deve ser feita para constatar um problema antes mesmo que ele possa vir a prejudicar a estrutura e, com isso, garantir sua estabilidade e segurança.

Manutenção corretiva

É a manutenção que precisa ser executada emergencialmente, para corrigir falhas e desgastes detectados nos equipamentos e instalações. É uma atuação reativa, que determina a ação de manutenção somente depois da falha.

Manutenção preditiva

É a manutenção que tem início durante uma situação de correção e, posteriormente, realizam-se avaliações periódicas em equipamentos e instalações para garantir sua funcionalidade. Seu objetivo é otimizar o funcionamento dos equipamentos e das instalações por meio da análise da condição operacional deles.

Quais os serviços que uma manutenção predial oferece?

A manutenção preventiva tem como principais serviços registrados no planejamento: a inspeção de instalações elétricas e hidráulicas; a inspeção de áreas comuns, equipamentos e sistemas de segurança; e a verificação de elevadores, instalações de gás e a integridade da cobertura.

A manutenção corretiva realiza o conserto de vazamentos nas instalações hidráulicas; a impermeabilização do piso após uma infiltração ser detectada; reparos em rachaduras e fissuras na estrutura da edificação; e a substituição de peças do elevador que deixou de funcionar.

A manutenção preditiva une os serviços da corretiva e preventiva, otimizando o funcionamento dos equipamentos e das instalações, com uma análise da condição operacional deles. A técnica consiste em avaliar as atuais condições dos equipamentos e das instalações, com o uso de câmeras termográficas, técnicas de ultrassom, testes que avaliam as vibrações e outros aparelhos.

Por que fazer uma manutenção predial?

A manutenção predial é a responsável por cuidar de toda a infraestrutura de um edifício, com serviços de inspeções, reparos e vistorias periódicas, promovendo conforto, segurança e higiene.  Ou seja, ela aumenta a vida útil dos diversos sistemas de uma construção.

A falta de manutenção predial representa prejuízos econômicos e riscos para saúde e segurança de moradores e usuários. Para completar, vale considerar que o imóvel faz parte do patrimônio do usuário, onde, sem seus devidos cuidados, vai se desvalorizando com o tempo.

Qual a importância de manter a manutenção predial em dia?

A manutenção predial precisa estar em dia porque contribui na prevenção de acidentes e cuida da integridade e saúde de quem circula no ambiente. Também mantém a integridade dos padrões de qualidade e desempenho, reduzindo custos com falhas inesperadas.

É importante realizar um plano de manutenção efetivo com um engenheiro perito em realizar laudos técnicos periódicos. Todo o sistema de gestão deve ser baseado de acordo com as normas da ABNT e manuais elaborados por fabricantes.

Outras Publicações